12 de julho de 2020

Proprietário de residência em Mamborê é multado em 3 mil reais por aglomeração

No último sábado dia 11 de Julho de 2020, a equipe da Polícia Militar de Mamborê, acompanhou a equipe da Fiscalização de Postura do município, em diversas ocorrências onde pessoas estavam descumprindo o Decreto Municipal 51/2020 e 78/2020, que estabelece medidas restritiva de enfrentamento ao Coronavírus.

As equipes receberam várias  denuncias de aglomeração de pessoas em uma residência localizada no Alto da Glória,  sendo que policia e fiscalização se deslocaram até o endereço,  ao chegar na residência várias pessoas saíram correndo para os fundos, sendo assim solicitado a presença do proprietário.

O mesmo compareceu e foi questionado o motivo da aglomeração no local, o mesmo relatou que estava havendo uma confraternização com amigos e que só tinha três pessoas na casa, mas a equipe já havia visualizado várias pessoas e crianças correndo.

Foi solicitado que o mesmo abrisse o portão e apresenta-se as pessoas que ali estavam sendo negado pelo mesmo dizendo que na casa dele ninguém entraria de jeito nenhum, como este estava em flagrante delito por descumprimento  ao decreto municipal números 78/2020, que estabelece no Artigo 23 e inciso II, sobre  eventos com aglomeração, festas e outros com aglomeração de 10 a 39 pessoas, com a pena de multa no valor de R$ 3.000.0

Foi então forçado o portão que o acusado estava segurando e adentrado o local, onde foi localizado cerca de 12 pessoas, além algumas crianças todos sem máscaras, sendo assim encaminhado o proprietário para a Delegacia de Policia Civil, por crime contra a saúde pública, desobediência e resistência.

Sendo entrado em contato com o delegado de plantão, o qual ordenou a confecção do termo circunstanciado. A equipe de Fiscalização de Postura tembém aplicou ao mesmo a multa no valor de R$: 3.000,00.

Mais tarde  a equipe da Policia Militar foi novamente acionada pela Fiscalização de Postura, para dar apoio e tentar identificar uma festa em uma chácara próximo a estrada do Guarani, nas proximidades da comunidade Lageado, onde segundo a denúncia estaria acontecendo um aniversario.

Ao chegar no local foi localizado um grupo de pessoas reunida com sua família e alguns amigos, onde iriam começar uma festa no barracão da propriedade, sendo estes  devidamente orientados e solicitado que todos se retirassem do local devido o risco a saúde pública, sendo acatado a orientação pelos mesmos.

Ao retornar a cidade  foi verificado que em  dois estabelecimentos, se encontravam  pessoas consumindo, já após as 22h00min, sendo feito o registro de imagens pela fiscalização para ser tomadas as devidas providencias, pelo descumprimento do decreto municipal, sendo que após este horário esta decretado toque de recolher, sendo lavrado boletim de apoio.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. B.O. contra a equipe. Ninguém pode tá invadindo a casa dos outros assim sem mais nem menos. Se até cativeiro de droga precisa de mandado judicial, uma casa de família precisa mais ainda.

    ResponderExcluir