9 de agosto de 2021

Veículo de Mamborê se envolve em grave acidente, com dois óbitos na PR 487

Um casal de Campo Mourão morreu vítima de um trágico acidente ocorrido por volta das 19h45 de ontem, na rodovia PR 487, entre Luiziana e Iretama, no local conhecido como “ponte torta”.

A colisão envolveu três veículos: uma VW/Saveiro, onde estava o casal, um Ford Focus, ambos com placas de Campo Mourão, e um GM/Vectra, placas de Mamborê. Morreram no acidente, Ligia Walter, 42 anos, e o motorista da Saveiro, Fortunato Matos, 44 anos.



De acordo com as informações apuradas no local, a Saveiro trafegava sentido Iretama/Luiziana, quando o motorista do Vectra, de 37 anos, morador de Mamborê, que seguia em sentido contrário, acabou invadindo a contramão e batendo de frente no carro do casal.
Na sequência, o Focus conduzido por um homem de 31 anos, que transitava em sentido Iretama/Luiziana acabou batendo no meio dos dois automóveis. No Focus viajava também uma mulher de 27 anos. O motorista saiu ileso e ela teve ferimentos generalizados.



Com o forte impacto, o condutor da Saveiro morreu instantaneamente. Já a passageira chegou a ser retirada com vida das ferragens pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na ambulância.
O motorista do Vectra foi socorrido com ferimentos gravíssimos e encaminhado a um hospital de Campo Mourão. A passageira do Focus também foi hospitalizada. Os veículos tiveram danos de grande monta. Os corpos foram recolhidos pelo IML de Campo Mourão.


O comandante do Corpo de Bombeiros de Campo Mourão, capitão Anderson Feijó, esteve junto com sua equipe no local para prestar socorro às vítimas. Um trabalho de resgate bastante difícil pela gravidade do acidente e pelo local onde ocorreu a batida.
“Por ser em cima da ponte onde já não existe mais guard rail, por conta de outros acidentes já registrados no local, o trabalho de resgate foi bastante difícil. Por muito pouco a Saveiro não caiu de cima da ponte, onde há uma grande ribanceira. O resgate do motorista do Vectra também foi bastante difícil”, disse o capitão Feijó.


REDAÇÃO: Tá sabendo Fotos: Rafael Silvestrin

Nenhum comentário:

Postar um comentário