19 junho 2019

Polícia Civil prende pastores que vendiam falsos pacotes de viagem para Terra Santa

A Polícia Civil do Paraná cumpriu nesta quarta-feira (19) diversos mandatos de busca e apreensão com o objetivo de desarticular uma quadrilha que estava aplicando golpes em diversos estados brasileiros através da venda de pacotes de viagem para a Terra Santa, que não eram entregues aos compradores. Segundo informações divulgadas pela polícia, mais de mil pessoas foram lesadas pela quadrilha. 

A ação contou com o apoio das Policias Civis dos estados de São Paulo e Santa Catarina, onde os estelionatários atuavam. Foram cumpridos 22 mandados judiciais, sendo quatro de prisão preventiva, cinco de prisão temporária e 13 de busca e apreensão, além do bloqueio das contas dos envolvidos.



De acordo com as investigações, alguns pastores evangélicos ocupavam posições de destaque na quadrilha. Eles estão entre os alvos dos mandados expedidos pelo juiz da 7ª Vara Criminal da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Conforme o delegado da Polícia Civil André Gustavo Feltes, o golpe gerou um prejuízo de mais de R$ 4 milhões. 

A maioria das vitimas são idosos, que faziam o parcelamento das viagens em 36 vezes e, quando chegava perto da data da realização da viagem, os estelionatários informavam que tiveram alguns problemas e que seria necessário o pagamento extra para que ela acontecesse. Porém, nenhuma viagem foi realizada pela empresa. 



Os investigados frequentavam cultos e encontros cristãos para conquistar a confiança de fiéis e fazer a oferta de viagens, que sabidamente nunca aconteceriam. Além disso, realizavam ampla divulgação de seus serviços em redes sociais e propagandas televisivas. 

Um dos chefes da quadrilha foi preso no ano de 2015 pelo mesmo crime que estava praticando novamente.  Já foram identificadas pela Polícia Civil vítimas em vários estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Roraima e Pará.



Redação Bonde




Nenhum comentário:

Postar um comentário