25 de agosto de 2021

Homem é preso e arma apreendida na comunidade Guarani

Na manhã desta quarta feira dia 25 de agosto de 2021, a equipe da Polícia Civil de Mamborê, cumpriu mandado de prisão e busca e apreensão na residência de três indivíduos suspeitos de terem praticado o crime de tentativa de homicídio na comunidade Guarani. 

Durante as investigações foram realizadas inúmeras diligencias, na qual foi possível descobrir a dinâmica dos fatos, na qual evidenciou que na comunidade Guarani, no mês de agosto, houve um abalroamento entre dois veículos o que motivou uma discussão. Segundo investigações indivíduos munidos de armas brancas, foice e fações, foram atá a casa de uma pessoa com o intento de resolver essa contenda. 



Apurou-se que os suspeitos iniciaram xingamentos e adentraram ao terreno da vítima, que saiu da casa com um fação ordenando que fossem embora. No decorrer da discussão, a vitima então foi atacada por um dos suspeitos que golpeou ela com um golpe de fação no qual atingiu o ombro e o dedo dela causando lesões que em decorrência foi necessário sutura. 



Nesse momento ela correu e uma segunda vitima apareceu para intervir e pedir para que parassem com as agressões. Repentinamente um dos investigados, na posse de um facão, desferiu um golpe na cabeça deste o qual caiu desacordado no solo, seguido de mais agressões. 

Ante os fatos, verificou-se a gravidade da conduta perpetrada pelos investigados, sendo então solicitado ao Poder Judiciário a expedição de um mandado de busca e apreensão em residência bem como a representação pela prisão. Após o parecer favorável do Ministério Público, o pedido foi prontamente acatado pelo Poder Judiciário, no qual expediu o mandando de busca e apreensão e prisão. No cumprimento do mandado de busca na residência foi localizado uma espingarda, sendo então preso em flagrante.


Por fim, o Delegado de Policia Civil, Anderson Sérgio Romão, ressaltou que a Polícia Civil de Mamborê vai continuar trabalhando sem medir esforços para retirar do convívio social aquelas pessoas que representam um risco para a sociedade e os crimes ocorridos não ficarão impunes e serão devidamente investigados. 

Ainda esclareceu que a população da região pode contribuir repassando informações para auxiliar os trabalhos policiais a identificar e prender suspeitos de outras práticas criminosas. As denúncias podem ser feitas para o número (44) 33568-1341/9.9832-1618. O sigilo e o anonimato são garantidos

Nenhum comentário:

Postar um comentário