17 agosto, 2023

Licitação de recuperação de rodovia entre Mamborê e Luiziana atrai 4 empresas

 

A licitação aberta no mês de julho pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER PR), para recuperação e conservação da rodovia PR-553, entre Mamborê e Luiziana, atraiu quatro empresas que se inscreveram para disputar o certame. O processo previa valores de até R$ 7,2 milhões em recursos para o investimento. Porém, uma das empresas apresentou a melhor proposta ao valor de R$ 4,2 milhões. O processo ocorreu na modalidade pregão eletrônico, no dia 10 deste mês.

A Itaipu Indústria e Comércio de Britas e Asfalto Ltda, de Campo Mourão, foi quem apresentou a melhor proposta, segundo o DER. Já até encaminhou à Superintendência Regional Noroeste do DER/PR uma planilha de preços e a documentação exigida em edital, atualmente passando por análise. O resultado será publicado no Diário Oficial e no portal Compras Paraná, declarando a mesma vencedora, ou convocando a segunda participante, em caso de inabilitação.

A via foi traçada pelo Estado como rodovia há mais de 30 anos, mas o asfalto nunca saiu do papel. O trecho contemplado tem 34,82 quilômetros, não pavimentado e faz interseção com a BR-158, ligação entre Campo Mourão e Roncador. Estão previstos os serviços de escarificação, conformação e compactação do subleito, e o cascalhamento com material de jazida comercial, ambos para melhorar as condições de trafegabilidade da pista, além da remoção e recolocação de cercas de arame, o enleivamento dos taludes e canteiros (entre outros espaços) para prevenir erosão, a implantação de lombadas e a retirada de vegetação e tocos de árvore próximos ao bordo da pista.

Também serão feitos serviços para lidar com as águas da chuva e águas subterrâneas, evitando seu acúmulo sobre a pista ou danos ao leito, como a limpeza e desobstrução de bueiro, escavação de valas, execução de dreno profundo, retaludamento, construção de caixas de retenção e a escavação de curvas na faixa de domínio da rodovia (bigodes).

O prazo de execução destas melhorias, após assinatura de contrato e emissão de Ordem de Serviço, será de 720 dias, com as atividades sendo realizadas rotineiramente ao longo deste período. Conforme o Governo do Estado, as melhorias neste trecho da PR-533 serão realizadas rotineiramente, conforme previsto no cronograma da obra, atendendo aos usuários que precisam transportar sua produção agropecuária, bem como facilitando o acesso de moradores das comunidades próximas aos serviços básicos disponíveis nas sedes dos municípios.

Há muitos anos a pavimentação deste trecho é reivindicada. Por várias vezes já nos reunimos com o Estado levando esta necessidade. Estas readequações são necessárias e amenizam o problema, mas só vamos ficar realizados de verdade quando sair a pavimentação asfáltica”, falou o prefeito de Mamborê, Ricardo Radomski.

Ele lembra que existe um grande tráfego naquela região. A obra vai facilitar o escoamento da safra. Desta forma, os produtos vão poder entrar e sair das propriedades com mais facilidade. “Vários outros usuários também serão beneficiados”, ressaltou o prefeito, ao lembrar que o trecho é bastante utilizado também pelo transporte escolar. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário