29 março, 2023

Como líderes inovadores impactam as organizações?

Liderança inovadora não é um termo recente, há mais de 10 anos pesquisadores estudam e utilizam a expressão para profissionais que geram equipes, mas que ainda permanece como novidade para muitas pessoas e empresas, principalmente depois que inovação se tornou a palavra-chave após o auge da crise do novo coronavírus.

Atualmente, companhias que oferecem aos seus colaboradores a oportunidade e a capacidade de “pensar fora da caixa”, além de apresentarem ideias e projetos, faz com que o time trabalhe com mais eficiência e resultados. De acordo com pesquisas realizadas pelo Great Place to Work (GPTW), organizações que adotarem inovação como estratégia terão um crescimento de receita 5,5 vezes superior do que as demais empresas.

“Em um mercado de mudanças, líderes inovadores são responsáveis por construir uma cultura organizacional ideal para que as empresas sobrevivam no cenário atual, além de possibilitar a respostas de estímulos internos e externos que acompanham a evolução da sociedade”, explica Alberto Vargas.

Porém, segundo o especialista, é preciso ficar atento, pois nem todo líder é inovador. Para reconhecer uma liderança inovadora alguns pontos precisam ser considerados, como:

  • É necessário ter conhecimento, atenção plena e habilidade. É fundamental que os líderes possam ajustar e reajustar suas posições. Isso garante que eles sejam sensíveis às necessidades de suas equipes, incentivem a curiosidade, promovam a empatia cultural e amadureçam as habilidades de comunicação;
  • Permitir que as pessoas entendam seus objetivos e desafios para se adaptarem adequadamente obtendo o resultado que procura, levando em consideração a mentalidade ou os pensamentos de outras pessoas;
  • Também é essencial ajudar as pessoas a sair de suas zonas de conforto e sempre que surgirem iniciativas inovadoras, reconhecer o time que faz parte daquilo motivará a cultura de inovação dentro da organização.

O que as organizações podem fazer para seguir o caminho inovador?

 

É preciso ter um ambiente para fomentar a criatividade e a inovação, não basta apenas reunir talentos diversos. Construir uma cultura de Inovação não é sobre criar inovadores, eles existem dentro das empresas, só é preciso descobri-los e incentivá-los.

A liderança inovadora é capaz de suportar, motivar, prover recursos e oferecer autonomia para a organização e todas as pessoas envolvidas. Além disso, ocorre o desenvolvimento de pessoas, o que favorece a equipe como um todo no médio e longo prazo.

“Começar a ter uma nova percepção e a visão dos desafios é o primeiro ponto. As organizações modernas enfrentam um ambiente amplamente competitivo e empresas que suportam uma inovação radical dentro delas permitem com que líderes inovadores de alto desempenho sejam proativos e criativos”, finaliza Alberto.


Sobre Alberto Vargas

Jorge Alberto Vargas é formado em Master Business Administration pela Universidade de Warwick na Inglaterra. Possui experiência em gerência de finanças, planejamento, contabilidade, compliance e no desenvolvimento de equipes de alta performance.  Já ajudou diversas  empresas de diferentes tamanhos a atingir objetivos de inovação, custos e crescimento. Antes de morar no Brasil, trabalhou em mercados do México, Colômbia, Venezuela e Peru, sempre buscando entender a necessidade das empresas e a realidade econômica de cada país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário