01 dezembro, 2022

Homem é condenado a 10 anos de prisão por tentativa de homicídio no Guarani

Em um Júri realizado nesta quinta-feira 01 de dezembro de 2022, no Salão do Júri da Comarca de Mamborê, o réu T.D.S.F. foi condenado a 10 anos e 08 meses de prisão em regime fechado, pelo crime de tentativa de homicídio, praticado contra a pessoa de C.A.A. no dia 21 de maio de 2022, na comunidade Guarani.

O júri foi presidido pela Juíza: Dra. Bruna Grasso Ferreira, o ministério público foi representado pelo Promotor de Justiça: Dr. Lucas Losch Abai e o advogado de defesa foi o Dr. Gustavo Stortti Genari.

Após apresentado as versões da Defesa e do Ministério Público, o corpo de jurados se reuniu dando a  condenação,na sequência a sentença foi lida pela juíza da comarca. 

O CASO
No dia 21 de maio de 2022, no período noturno, nas imediações de um estabelecimento comercial na comunidade Guarani, o denunciado com a intenção de cometer um homicídio, deu início a atos de execução com o intento de matar a vítima.

Segundo a conclusão do processo, momentos depois de nela desferir golpes de faca, sem acertá-la, passou a persegui-la, quando então nela arremessou um bloco de tijolo em sua cabeça, para, em sequência, nela desferir diversos outros golpes, causando-lhe lesões corporais de natureza grave, mais especificamente lesão contusa em região inferior do tórax, fratura em dois arcos costais, lesão contusa em região da cabeça e face, com cicatriz no rosto, e hematoma em região da mão e braço, as quais resultaram incapacidade para as ocupações habituais por mais de 30 (trinta) dias.

A vítima foi salva tendo em vista que, depois de a vítima desmaiar, houve a intervenção de terceiros com seu posterior encaminhamento a atendimento médico. O crime foi praticado mediante recurso que dificultou a defesa, tendo em vista que o denunciado desferiu uma pluralidade de golpes na vítima, com o fim de matá-la, enquanto ela se encontrava desacordada, conforme lavrado no Boletim de Ocorrência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário