11 outubro, 2022

Em Mamborê homem de 39 anos morre após ser esfaqueado por morador de rua

No início da noite da última segunda-feira dia 10 de outubro de 2022 sendo por volta das 20h15min, a Polícia Militar de Mamborê, foi solicitada a comparecer na rua Vereador Lázaro Correia, próximo a Vila Operária, onde segundo as primeiras informações havia um homem esfaqueado no local.

Diante das informações policiais militares se deslocaram ao local, onde localizaram o homem identificado como Ângelo Lopes, o popular Magrão, 39 anos de idade,o qual se encontrava caído com vários ferimentos oriundos de arma branca, a equipe da Secretaria de Saúde de Mamborê, compareceu no local mas infelizmente o homem já se encontrava em óbito, devido à gravidade dos ferimentos serem incompatíveis com a vida.



Informações dão contas de que os dois homens caminhavam pela rua juntos, momento em que houve um desentendimento entre eles e um homem identificado como S.R.B. de 42 anos de idade, em posse de uma faca, atacou e agrediu Angelo Lopes (Magrão), com vários golpes de faca e na sequência o mesmo empreendeu fuga do local, deixando a vítima agonizando e perdendo muito sangue, entrando em óbito.



Um motociclista passava pelo local e percebeu a ação, sendo informado a Polícia Militar onde o suspeito pelo crime havia se deslocado após a fuga, os policiais abordaram e identificaram o mesmo dando ali voz de prisão por crime de homicídio em flagrante, o suspeito ainda se encontrava com as mão sujas de sangue, a arma usada também foi apreendida pela equipe.

S.R.B.

Diante dos fatos S.R.B.  foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Mamborê para os procedimentos cabíveis e na sequência encaminhado para a Cadeia Pública de Campo Mourão, segundo informações o suspeito já tem passagem pela policia e na última sexta-feira o mesmo é suspeito de ter esfaqueado uma outra pessoa no Parque de Exposições de Mamborê, informações dão conta que o mesmo era morador itinerante de rua, e estava a alguns dias em Mamborê, sendo oriundo de Assis Chateaubriand.



Uma equipe da Polícia Científica esteve no local para constatar as causas da morte de Ângelo Lopes, o IML de Campo Mourão foi acionado para recolher o corpo do mesmo.

O acusado foi preso e encaminhado à delegacia de Mamborê para providências cabíveis. Ele relatou que ficou preso por 17 anos pelo crime de latrocínio cometido no estado de São Paulo, e estaria em liberdade havia aproximadamente 8 meses.












Nenhum comentário:

Postar um comentário