9 de novembro de 2021

Mamborê Implantará o Complexo Agroecológico

Na tarde da última segunda-feira dia 08 de novembro de 2021, a  Associação de Moradores AMJJB de Mamborê, apresentou ao executivo municipal o projeto Agroecológico de Mamborê, na oportunidade diversas lideranças e representantes de entidades estiveram presentes.

O prefeito de Mamborê Ricardo Radomski, agradeceu a presença de todos os integrantes da horta comunitária AMJJB, e das demais entidades por apresentar este importante projeto, que visa sobretudo o fortalecimento da Agricultura familiar e urbana. “ Em nosso governo visamos esta integração com a sociedade organizada, para aprimorar as políticas públicas em benefícios de quem mais precisa, sempre apoiamos a iniciativa da associação em especial ao projeto da horta comunitária, e este novo e audacioso projeto terá nosso total apoio, nossa equipe técnica tomara as providencias necessárias para que tão logo saia do papel e inicia a execução.” Finalizou o gestor.



A administração municipal ainda informa que já está autorizado pelo governo do Estado , através da secretaria de Desenvolvimento Sustentável, a perfuração de um poço artesiano completo com caixa de agua, bomba, para implementar o sistema de irrigação da horta comunitária e também a este novo projeto de construção do complexo agroecológico, que sem sombra de dúvidas fomentara a economia de nossa cidade e aos pequenos produtores da agricultura familiar.



O técnico da associação, Renato Correia, fez a explanação frisando o custo beneficio do projeto bem como a inédita parceria das entidades organizadas somando ao número de 15 entidades, que está apoiando o projeto e é integrante de forma direta e indireta, de igual modo explicou que foi recebido uma emenda parlamentar no valor de R$ 100.000,00, que objetiva investimentos na área da agroindustrialização, com adequação do espaço da sede da associação e equipamentos para iniciar uma fábrica de conservas e polpas de frutas. No sentido de agregar valor aos produtos e sobretudo sustentabilidade entre as famílias.



Para a implementação deste novo projeto a associação está buscando parcerias e apoio de deputados federais para que viabilize recursos a fundo perdido e assim consolidar este projeto que beneficiara centenas de famílias, já foi recebido um sinal positivo do deputado Frangão neste sentido e se vai aprimorar o projeto e consolidar a solicitação de recursos.



presidente da Associação AMJJB, Jose Fogaça, agradeceu a presença de todos e frisou que este projeto é a sequência do tão sonhado projeto da Horta Comunitária, que atende centenas de famílias carentes, acamadas e entidades do município bem como o Hospital Santa Casa de Campo Mourão. Trabalhando incansavelmente juntamente com todos nossos voluntários e apoiadores que pensa no bem estar das pessoas, sozinhos não conseguimos fazer nada, mas com apoio e união de todos podemos fazer mais e melhor é o demonstra toda esta união que vocês estão vendo aqui hoje. Concluiu Fogaça.



O próximo passo será o mecanismo administrativo por parte da equipe técnica e jurídica do município alinhada com nossa associação e entidades parceiras, e que ainda em 2021 ações concretas já começa a serem implementada.



A associação trabalha com a integração com outras entidades do município, sendo o ROTARY CLUBE, ADC DE VILA GUARANI, PASTORAL DA CRIANÇA, APAE, CANTINHO DA PARTILHA, ARAMAM, ACIMAM ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE MAMBORE, AAMEC - ASSOCIAÇÃO AMOR E CUIDADOS, ABRIGO PROVISÓRIO, CCI CENTRO DE CONVIVENCIA DO IDOSO, SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, RADIO UNIÃO FM, SINDICATO RURAL, AMOVI ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO RESIDENCIAL VICTORIA E HOSPITAL SANTA CASA.



A reunião objetivou uma retrospectiva do:

I. Projeto da horta comunitária e apresentação de um novo projeto (COMPLEXO AGROECOLOGICO DE MAMBORÊ) a ser implementada em parceria com o poder público.

II.  Estruturação das atividades produtivas dos beneficiários com vistas à inclusão produtiva e à promoção da segurança alimentar e nutricional para a rede assistencial de Mamborê;

III.  Contribuição para o incremento da renda e do patrimônio dos beneficiários, a partir da geração de excedentes nas atividades produtivas apoiadas;

IV.Estímulo às atividades produtivas sustentáveis e agroecológicas na sede do Município e Patrimônio Guarani;

V.  Promoção, em articulação com os órgãos e as entidades, públicas ou privadas, de ações complementares para o fortalecimento da autonomia dos beneficiários, especialmente:

a)  O acompanhamento técnico e social;

b)  O acesso aos mercados; e a disponibilização de infraestrutura hídrica direcionada à produção.

c)  Fomento e Apoio aos Produtores Agropecuários, sobretudo a agricultura familiar.

VI. Estímulo do dinamismo dos territórios rurais, por meio de orientação às famílias beneficiárias sobre as oportunidades econômicas nas cadeias produtivas regionais;

VII. Incentivo à participação das famílias beneficiárias em ações de capacitação social, educacional, técnica e profissional;

VIII. Incentivo à organização associativa e cooperativa de seus beneficiários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário