23 de maio de 2021

Com falta de leitos e oxigênio Mamborê registra 30 casos em 72 horas de Covid-19

Em um dos piores momentos desde o início da pandemia, o boletim da Covid-19 de Mamborê, deste domingo dia 23 de maio, aponta um aumento de 30 casos confirmados de pacientes positivados em um período de apenas 72 horas, nosso município já registrou 18 óbitos. Fato este que traz grande preocupação a toda a população e as autoridades da área da saúde municipal e regional.

No boletim de hoje Mamborê registra 793 pacientes confirmados com vírus, registramos 195 pacientes monitorados por precaução em isolamento domiciliar, 36 pacientes com suspeita do vírus e 76 pacientes confirmados que se encontram em acompanhamento. 

Falta de Oxigênio
No final de semana o município entrou em uma situação preocupante pela falta de oxigênio hospitalar, devido ao fato da grande utilização do mesmo com o aumento de casos de Covid e de pessoas internadas no Hospital Municipal de Mamborê, foi preciso uma campanha solidária junto a empresários, comerciantes e agricultores do município, para conseguir emprestar cilindros e serem encaminhados para abastecimento e assim poder suprir uma pequena parte da necessidade do Hospital Municipal de Mamborê.

Colapso nos Hospitais Regionais
Os hospitais Santa Casa e Central Hospitalar de Campo Mourão e Santa Casa de Goioerê, estão em situação de colapso e desviaram o fluxo de pacientes para outras instituições. Segundo informações a falta de oxigênio já é grande tambem nestes grandes hospitais.

Fila de espera por um leito
Devido o aumento de casos de coronavírus na região, aumentou significativamente o número de pacientes na fila de espera por leitos para internamento. Na área da 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão, 46 pessoas aguardam por vagas, sendo 22 por UTI e 24 enfermaria. Na macrorregião noroeste, que engloba regional de Campo Mourão; Umuarama; Cianorte; Paranavaí; e Maringá, são 190 pacientes na fila de espera: 71 por leitos de UTI e 119 por enfermaria.

Novo Decreto
No ultimo sábado dia 22, o prefeito do município de Mamborê juntamente com o Comite de Enfrentamento a Covid-19, publicaram o DECRETO Nº 52/2021sendo necessário adotarem novas medidas preventivas para evitar a maior propagação da doença em nível local e regional. Ficou mantido o toque de recolher das 20h ate ás 05h da manhã, foi suspenso, o transporte coletivo em todo município, incluindo o transporte universitário, exceto a linha de circular de Mamborê x Campo Mourão. Fica proibido reuniões, eventos, confraternizações e afins.

O atendimento nos órgão públicos municipais tais como a secretaria de saúde fica uspenso os procedimentos eletivos, a prefeitura e demais repartições públicas municipais somente realizarão o trabalho interno e atendimento via telefone, fica suspenso as atividades de academias de ginásticas, suspenso a comercialização em ruas e espaços públicos (permitido apenas delivery). Os restaurantes, bares, lanches, lanchonetes, pizzarias, lojas de conveniências, sorveterias e afins (permitido apenas delivery). O comercio em geral fica autorizado apenas atendimento individual (uma pessoa por vez) nos seguintes horários: de segunda a sexta, das 7:00 às 19:30 e sábado, das 7:00 às 12:00, já no domingo e feriados tudo deve permanecer fechado.

Os estabelecimentos comerciais devem manter um funcionário exclusivo para o controle de entrada, controle da fila externa ao estabelecimento, com distanciamento de 2 (dois) metros, com ocupação máxima de 30% (trinta por cento) do espaço destinado ao público. Deve ser realizado o controle de entrada com aferição de temperatura, fila máxima de 05 pessoas nos caixas, com distanciamento de 2 (dois) metros, controle da fila externa ao estabelecimento, com distanciamento de 2 (dois) metros.

Fica proibida qualquer tipo de atividade esportiva e  atividades físicas, sendo fechado o Parque do Lago, Clube de Campo, Parque de Exposições. É obrigatório o uso de máscara pela população nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo, sugeito a multa

Os velórios somente poderá ser realizado na capela mortuária ou no Salão Paroquial (Comunidade Pensamento e Canjarana), sendo proibido serviço de copa, produção e distribuição de cafés, chás, ou qualquer tipo de alimentação, com a lotação máxima de 20 (vinte) pessoas e o tempo máximo de velório de 06 (seis) horas. Foram suspensas todas e qualquer tipo de aula presencial dentro do município.




Redação: Cidade Destaque



Nenhum comentário:

Postar um comentário