29 de dezembro de 2020

Queda de avião deixa quatro mortos entre Roncador e Mato Rico

Na manhã desta terça-feira dia 29 de dezembro de 2020, sendo por volda das 07h00, um avião de pequeno porte caiu em um rio em uma área rural entre Roncador e Mato Rico, na região Central do Paraná. A aeronave foi encontrada dentro do Rio Macaco, que fica na divisa das duas cidades, na comunidade rural Bela Vista, próximo a serraria do Alceu.

Segundo as primeiras informações, moradores que encontraram o avião e ligaram para a polícia informaram que no local do acidente haviam quatro corpos. Pelas fotos a aeronave é de pequeno porte. Destroços do avião, que se despedaçou com a queda, ficaram espalhados dentro do rio, além de corpos dos ocupantes. 



Uma Equipe da Policia Militar de Mato Rico se deslocou  para o local, que fica em uma região de difícil acesso, para atender a ocorrência. O Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava também foi chamado pela polícia para seguir até o local e recolher os corpos das vítimas.

Segundo informações ás vítimas são todas da mesma familia, moradores no município de Goioerê, a principio identificados como, Valdecy Cruzeiro, a esposa, Luciana Brito Cruzeiro, da Cruzeiro Materiais para /Construção, e as filhas Beatriz Cruzeiro e Julia Cruzeiro, sendo as vítimas fatais do acidente. A família decolou do aeroporto de Goioerê com destino a Guaratuba e no caminho houve o acidente.

Antes do avião se chocar no barranco do rio Macaco, várias peças foram se soltando antes, pois há partes da aeronave pela plantação de soja, inclusive, por sobre as árvores, onde há mata fechada que certa o rio. 



A família embarcou por volta das 6h30 do aeroporto de Goioerê com destino ao Litoral do Paraná, Guaratuba onde passariam o Ano Novo. No avião, pelo que mostram as imagens feitas pela família, estavam a mãe Luciana Brito, o pai Valdecy Cruzeiro e as duas filhas – Beatriz e Julia Cruzeiro.


O acidente aconteceu cerca 130 quilômetros de distância de Goioerê e as causas do acidente ainda são desconhecidas. Equipes da Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) por meio do Seripa V vão até o local e farão a investigação do caso.


A aeronave PT- KCK modelo Cessna Aircraft 177Bé fabricada em 1974 e consta no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Aérea) a transferência para Valdecy Cruzeiro em setembro deste ano. Ainda nas especificações consta a capacidade de três ocupantes por voo e 1394 quilos de peso máximo para decolagem.









FOTOS: Você e Regiao


Nenhum comentário:

Postar um comentário