18 de outubro de 2019

Secretária de Assistência Social participa da apresentação do Programa Banco da Mulher Paranaense

Recentemente em Curitiba a secretária de Assistência Social de Mamborê, primeira dama Elisabete Radomski participou da apresentação do Programa Banco da Mulher Paranaense, iniciativa do Governo do Estado para incentivar o empreendedorismo feminino em todos os setores econômicos, visando gerar mais emprego e renda no Estado. O evento contou com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior.



O grande atrativo, afirmou o governador, são as taxas de juros abaixo do mercado e outros benefícios que darão mais oportunidades para as mulheres tocarem seus negócios. “Nosso objetivo é fazer com que a mulher paranaense possa abrir ou ampliar negócios, gerar empregos e se tornar micro ou grande empresária”, disse Ratinho Junior.



Durante o evento Elisabete parabenizou o governador pela apresentação do Programa que com certeza trará benefícios a milhares de mulheres paranaenses.  Elisabete também conversou com a ex-governadora e amiga de longas datas Emília Belinati, que no passado desenvolveu importantes ações nas questões sociais na região da COMCAM.

Ainda em Curitiba Elisabete Radomski acompanhou algumas demandas do setor social junto ao Governo do Estado. A secretária destaca a reunião com a equipe jurídica da Secretaria de estado da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF) do Governo do Estado. Ela conversou com professor Tadeu Diretor do Departamento de Assistência Social da Secretaria e com Dr. Antônio Goulart da equipe Jurídica.

A primeira dama falou que juntamente com o prefeito Ricardo Radomski tem procurado manter um bom relacionamento com os órgãos do Governo e isso tem resultado em importantes conquistas para o município. Estamos realizando importantes investimentos no setor social de Mamborê com recursos do próprio município e também a aplicação correta dos recursos federais, comentou a primeira dama. “A atual administração tem dado uma atenção especial às causas sociais, demonstrando o respeito às pessoas que necessitam de atendimento do setor”, disse Elisabete.


Nenhum comentário:

Postar um comentário