09 outubro 2019

Detento comete ato extremo dentro da cadeia pública de Grandes Rios

Na manhã desta quarta-feira dia 09 de setembro de 2019, sendo por volta das 07h00m, o detento Marcos Antonio Lopes, de 32 anos, morreu dentro do cubículo onde estava recolhido na cadeia pública de Grandes Rios. 

Segundo o Delegado, Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, o homem pode ter premeditado a morte, ao colocar fogo em um colchão, na entrada da cela, impedindo que o agente de plantão, um investigador,  pudesse o socorrer. Quando o fogo começou, os demais detentos foram retirados, mas Marcos não resistiu e faleceu. 

A causa morte será esclarecida, se foi por conta das chamas ou de um corte profundo que tinha no pescoço.  Com ajuda do  Corpo de Bombeiros, de Faxinal,  foi possível controlar o incêndio e entrar no local. O homem estava com o ferimento e  havia muito sangue no piso, o que leva o delegado a deduzir que realmente foi um ato extremo. Todas as providências foram tomada para apurar o que exatamente aconteceu. 

 No link de vídeo, ouça a fala do policial. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário