20 janeiro 2019

Ao tentar fazer enboscada para matar caseiro, envolvido acabou morto em Faixinal

A cidade de Faxinal ficou impressionada com o caso da morte do jovem Leandro Silva Fernandes, de 19 anos, que foi morto com disparo de arma de fogo, na madrugada de sábado, dia 19 de janeiro, de 2019. A primeira suspeita foi de tentativa de assalto a uma fazenda, com reação do caseiro, sendo que a vítima e amigos estavam em um Fiat Palio Weekend. 

No carro, a Polícia Civil, equipe do Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, apreendeu toucas ninjas, cordas e facas. O fato estranho, é que as duas pessoas que estavam com Leandro, não fugiram como ladrões, e sim, prestaram socorro para tentar salvar a vida do jovem, os quais foram identificados por: Clóvis Ferreira Maia, considerado um ótimo socorristas, conceituado e que há anos trabalha no Bombeiros Comunitário; o segundo, é um jovem de nome Cristiano. 



Eles, inicialmente, disseram que eram inocentes e que só pararam na porteira da fazenda, porque o carro, em que estavam, apresentou um problema mecânico.  Ainda na manhã do sábado, o Dr. Ricardo, considerado um ótimo delegado e que vem conquistando a região, graças ao trabalho realizado, assegurou que antes das próximas 24 horas, estaria com o crime solucionado. Foi exatamente o que ocorreu. Segundo ele, tudo não passou de um caso passional, mas também que envolveu dinheiro. 



Para Mendes, Clóvis, Cristiano e Leandro, armaram uma emboscada para matar o caseiro Cícero, tudo porque ele teve um relacionamento amoroso com Franciele, esposa de Clóvis, e também porque Franciele estava devendo R$5 mil reais, aproximadamente, a Cícero. "Para conseguir o intuito, eles dissimularam que o carro de Clóvis teria tido problema na frente da Fazenda, onde Cícero trabalha. 


Então pediram ajuda, mas no momento em que Cícero os auxiliava, Cristiano deu uma gravata em Cícero, o qual já desconfiava da situação e trouxe consigo um revólver, que pertencente ao dono da Fazenda. Houve então luta corporal entre Cícero, Leandro e Cristiano, instante em que ocorreu o disparo que atingiu o abdômen de Leandro, provando os seu óbito", disse o Dr. Ricardo. Diante do fato constatado, todas as providências foram tomadas, os envolvidos foram autuados e agora estão a disposição do poder judiciário. 








FONTE: Blog do berimbau


Nenhum comentário:

Postar um comentário