09 agosto 2018

Prefeitura de Mamborê inicia trabalhos de castração e microchipagem em animais de rua

A prefeitura de Mamborê através da divisão do Meio Ambiente iniciou o atendimento dentro do projeto de castração e microchipagem de cães e gatos, machos e fêmeas. O projeto inicialmente atenderá animais de rua e para cada animal atendido será feito um cadastro, através de um certificado de microchipagem, onde o setor terá todas as informações e controle de cada animal. Em média 30 animais serão atendidos por mês.


Todo trabalho de castração e microchipagem será executado por duas clinicas veterinárias, habilitadas e contratadas pela prefeitura através de processo licitatório.


Segundo a veterinária responsável pelo projeto Leila Calegari Leonço e a técnica da divisão do Meio Ambiente Ana Maria Fernandes este projeto foi encaminhado ao CRMV - Conselho Regional de Medicina Veterinária, no início do segundo semestre de 2017.  Neste ano de 2018 a pedido do Conselho foram feitos os ajustes finais no projeto.



Ainda segundo a veterinária, foi um trabalho de muita dedicação do setor, iniciado no ano passado e que agora começa a resolver um dos problemas muito reivindicados pela população que é o controle dos animais de rua.

O investimento no projeto é de pouco mais de 150 mil reais, incluindo a construção do canil, cirurgias, microchipagem e outros investimentos necessários.



A divisão do Meio Ambiente informou ainda que no dia 28 de setembro, que é o dia mundial de conscientização da raiva, serão realizadas diversas ações como distribuição de vacina contra a raiva, vacina inibidora de cio, além de outras atividades educativas e cadastramento de animais castratos.

O prefeito Ricardo Radomski acompanhou junto à equipe do setor a saída dos primeiros animais levados para o processo de castração e microchipagem. “São investimentos que estamos realizando para resolvermos um problema que vem de muitos anos em Mamborê, de forma planejada e dentro dos padrões necessários, vamos aos poucos resolver esta questão dos animais de rua”, disse Radomski.



Nenhum comentário:

Postar um comentário