25 abril 2018

Nelson Cordeiro Justus assume presidência da Cohapar



A governadora Cida Borghetti afirmou que o Paraná vai reforçar as ações do Estado na área da habitação. Ela deu posse nesta terça-feira (24) ao novo presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Nelson Cordeiro Justus. Na cerimônia, a governadora também autorizou a construção de 47 casas em Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro. O projeto de R$ 3,4 milhões será executado com recursos próprios da Cohapar.


Cida destacou o trabalho feito pela Cohapar nos 399 municípios paranaenses e afirmou que novos projetos devem ser tocados neste ano, como a construção de condomínios para idosos. “A Cohapar presta um grande serviço nas áreas de habitação popular e de moradias rurais, atendendo as pessoas que mais precisam”, disse.

Justus exerceu o cargo de diretor de Regularização Fundiária da companhia nos últimos sete anos e assume a gestão da Cohapar em substituição a Abelardo Lupion, nomeado secretário de Estado de Infraestrutura e Logística. “O Nelson reúne as condições necessárias e está habilitado a assumir este posto tão importante para continuar o legado dos outros presidentes desta companhia que é referência para todo o Brasil”, destacou a governadora.

105 MIL FAMÍLIAS – O presidente da Cohapar afirmou que sua responsabilidade é dar continuidade ao forte ritmo de produção de projetos habitacionais, que passou a ser tratado com prioridade a partir de 2011. Desde então, cerca de 105 mil famílias paranaenses foram beneficiadas com a construção de casas populares, obras de urbanização, infraestrutura e regularização fundiária.

Um dos objetivos, de acordo com Justus, é executar mais projetos habitacionais com recursos próprios. “É uma marca que queremos trazer, de recuperar a nossa carteira própria, além de dar continuidade à regularização fundiária, que tem batido recordes em números de lotes regularizados e na construção de moradias rurais e urbanas”, afirmou.

O trabalho de regularização fundiária, que deve atender cerca de 42 mil famílias até 2019, foi reconhecido pela Associação Brasileira de Cohabs. “Isso demonstra a importância que o Governo do Estado dá para a produção de habitação de interesse social”, ressaltou Justus.

INVESTIMENTOS – Os investimentos no período movimentaram quase R$ 5 bilhões do poder público, viabilizados graças às parcerias com o Governo Federal, prefeituras e demais órgãos estaduais. Há ainda um potencial para a construção de outras milhares de unidades habitacionais, além de obras de urbanização e infraestrutura, que estão sendo desenvolvidos pela equipe técnica ou aguardam a liberação de recursos da União.

Para cumprir os novos desafios, a diretoria da Cohapar adotou uma série de medidas. As mudanças envolveram a inauguração de uma nova sede em Curitiba e de escritórios regionais, redução de custos e geração de novas fontes de receitas, além de um novo modelo de gestão de projetos.

A partir da disponibilização de um sistema de cadastro online, a companhia facilitou o acesso da população aos empreendimentos disponíveis com um processo de inscrição e seleção mais transparente. Ao mesmo tempo, a empresa passou a definir prioridades de investimentos com base em informações fornecidas pelos próprios cidadãos e técnicos das prefeituras, com o desenvolvimento de projetos adequados à realidade socioeconômica de cada localidade.


PERFIL – Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Nelson Cordeiro Justus possui pós-graduação em Direito Empresarial e é especialista em Direito das Cidades pela Sociedade Brasileira de Direito Público.

Ingressou na Cohapar em 2011 na recém-criada Diretoria de Regularização Fundiária. A prioridade era desenvolver uma nova linha de atuação para resolver a situação de famílias que já possuíam casas, mas que ainda não tinham a documentação legal de seus imóveis. Nos últimos anos a Cohapar beneficiou mais de 25 mil famílias com a regularização de áreas e entrega de títulos de propriedade.

PRESENÇAS - Participaram da solenidade os secretários de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; do Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa Sobrinho; do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antonio Bonetti; o ex-presidente da Cohapar, e que assume a Secretaria da Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion; os presidentes da Codapar, Tino Staniszewski; da Cohab de Curitiba, José Lupion Neto;  da União Geral dos Trabalhadores, Paulo Rossi; o superintendente do Banco do Brasil, Fernando Favoretto; o deputado estadual Nelson Justus; o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus; e a ex-governadora Emília Belinati.

Nenhum comentário:

Postar um comentário