21 março 2018

Um dos bandidos mortos em confronte de Marialva era de Campo Mourão

Foram identificados no Instituto Médico Legal de Maringá os corpos dos dois assaltantes que foram baleados em um confronto com policiais militares de Marialva e Sarandi na noite da última segunda-feira (19). Trata-se de Claudemir da Silva, de 24 anos, o vulgo "Besteirinha", que era morador da cidade de Campo Mourão, e Roberto Vieira, de 44 anos, que morava no Jardim Aclimação, em Maringá. 

Os dois bandidos e um terceiro comparsa usaram um carro Citroen que tinha sido furtado em Jandaia do Sul para cometer um roubo contra uma residência em Mandaguari. Um dos marginais aguardou no veículo, enquanto que Roberto e Claudemir pularam o muro e invadiram a casa. 



As vítimas foram aterrorizadas pela dupla que chegou a encostar o cano da arma no rosto de uma das pessoas. Depois de conseguirem roubar alguns objetos, os ladrões fugiram. A PM de Mandaguari foi comunicada do crime e logo em seguida avisou toda a rede de viaturas de Marialva e Sarandi. Em uma estrada rural no município de Marialva, os policiais avistaram o carro suspeito tentando fugir do cerco. Houve acompanhamento tático e troca de tiros. 



Um dos bandidos conseguiu fugir, mas Claudemir da Silva e Roberto Vieira foram baleados e morreram na hora. Um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 9mm estavam em posse dos bandidos. A polícia acredita que esses meliantes estavam cometendo vários crimes na região usando carros roubados.  


  FONTE: André Almenara

Nenhum comentário:

Postar um comentário