15 março 2018

Ocorrências Policial de quarta p/ quinta-Feira em Campo Mourão

FURTO/AMEAÇA
Às 08h45min, a Policia Militar compareceu na Rua 16 de março, para dar atendimento a uma ocorrência de furto e ameaça. Em contato com o solicitante, 47 anos, disse que durante a noite, foi furtada uma máquina inversora da marca ESAB, de cor amarela. O proprietário suspeitou de um ex-funcionário e foi até a sua residência perguntar se sabia algo sobre o furto, quando o indivíduo se exaltou e passou a ameaçar a vítima. Diante da situação, confeccionou um boletim de ocorrência e encaminhou até a 16ª SDP para que sejam adotadas medidas pertinentes, pois o autor não fora localizado.

LESÃO CORPORAL/VIOLÊNCIA DOMÉSTICA.
Às 09h11min, equipe da Policia Militar se deslocou até a Rua Aristeu José Dos Santos, a fim de verificar uma solicitação de atendimento a uma violência doméstica. Em contato com a solicitante, 38 anos, relatou que teve uma discussão com seu convivente e que o mesmo a agrediu. O autor, 34 anos, ainda danificou todo o veículo da vítima com um machado, quebrou os vidros e desferindo um golpe com a ferramenta no capô do veículo, um GM/Astra, de cor branca. Diante dos fatos, a vítima foi questionada quanto à representação para que os militares realizassem diligências no intuito de localizar o autor, que já tinha se evadido no momento da chegada da equipe, para posterior encaminhamento ao órgão de Polícia Judiciária local, entretanto a mesma preferiu decidir posteriormente. Apenas manifestou o interesse em solicitar junto à justiça uma MEDIDA PROTETIVA contra o autor dos fatos, pelo fato deste ser bastante agressivo. Ante o exposto a vítima foi orientada, ficando o fato registrado para os devidos fins.

VEICULO RECUPERADO
Por volta das 14h30min, a PM compareceu na BR 487 (Estrada Boiadeira), onde fora localizado um veiculo VW/Gol, branco, o qual fora furtado no dia anterior. O veiculo foi entregue na 16ª SDP para medidas pertinentes ao caso.

PRISÃO POR CUMPRIMENTO DE MANDADO
Por volta das 18h a PM em patrulhamento pela Rua Canafistula, Jd. Santa Nilce, abordou um suspeito, 35 anos. Com o mesmo, nada de ilícito fora localizado, porém fora constatado que havia em seu desfavor um Mandado de Prisão expedido pela Vara da Comarca de Peabiru. O indivíduo recebeu a voz de prisão e fora encaminhado a 16ª SDP para medidas cabíveis.

APREENSÃO POR LESÃO CORPORAL
Por volta das 19h30min, a Central de Operações recebeu ligações relatando que havia uma mulher na Rua Astorga, Jd. Cidade Nova, agredindo uma criança de 07 anos e sua mãe. Relatou ainda que correu atrás das vítimas com uma faca proferindo ameaças de morte, sendo contida por populares. No local, a PM localizou a autora dos fatos, 17 anos, a qual estava muito alterada e em visível estado de embriaguez alcoólica. Durante a identificação da mesma, ela tentou agredir a criança e a genitora novamente, sendo contida pela equipe policial. Diante disso, a adolescente foi apreendida e conduzida a 16ª SDP para as providencia cabíveis. Na Delegacia compareceu a Conselheira Tutelar de plantão que acompanhou a situação. Além do Crime de Lesão Corporal e Ameaças contra as vitimas, a adolescente também responderá por Desacato, Desobediência, Resistência e Injuria Racial contra um Policial.

PRISÃO POR DESACATO, DESOBEDIÊNCIA, RESISTÊNCIA, E FALSA COMUNICAÇÃO DE CRIME
Por volta das 20h40min, a PM compareceu na Travessa Perimetral Tancredo de Almeida Neves, pois um indivíduo, totalmente transtornado e agressivo, relatou ter esfaqueado uma mulher no acampamento dos ciganos. Na tentativa de busca pessoal, o autor resistiu e tentou agredir os PMs com chutes e socos, fazendo-se necessário o uso de força moderada e progressiva para contê-lo. Posteriormente, foi procedida a busca pessoal e a identificação do mesmo, 21 anos, que negou ter esfaqueado uma mulher. Diante disso, os PMs diligenciaram até o acampamento, porém não localizaram nenhuma vitima de esfaqueamento, sendo constatado que o individuo havia feito uma Falsa Comunicação de Crime. Não obstante, vale ressaltar que desde a chegada dos PMs, o homem passou a desacatar e a ofender os PMs com palavras de baixo calão. Dessa forma, o mesmo recebeu a voz de prisão por Desacato, Desobediência, Resistência e Falsa Comunicação de Crime, sendo conduzido a 16ª SDP para as providencias cabíveis.


POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ
SUA PROTEÇÃO É O NOSSO COMPROMISSO


DISQUE-DENÚNCIA: 181 – DENUNCIE.


Nenhum comentário:

Postar um comentário