16 março 2018

LIRAa indica médio risco para epidemia de dengue em Mamborê

Secretaria Municipal de Saúde de Mamborê, através do Setor de Endemias, realizou o 2º Levantamento de Índice de Infestação pelo Aedes Aegypti  (LIRAa) de 06 a 09 de Março de 2018, apontando um índice de 3,1% ( médio risco) para epidemias das arboviroses  Dengue, Zika Vírus, Chikungunya e Febre Amarela.

Em nosso município a maior parte de criadouros do mosquito são encontrados nos resíduos sólidos (lixos em geral) descartados de maneira inadequada pela população em seus quintais, terrenos baldios abandonados com matagal,  depósitos para armazenamento de água  como Cisternas, tambores, barril, baldes etc., sendo estes um grande problema encontrado pelo governo municipal na diminuição da proliferação do vetor transmissor das doenças em nosso município.

O Combate à Dengue é de responsabilidade dos órgãos públicos, mas especialmente da colaboração e conscientização e atitude correta de cada individuo com seus quintais e terrenos baldios. Cabe aos órgãos públicos instruir, fiscalizar,  promover ações de combate ao vetor, dar assistência de saúde, já a população, tem a parte principal que é justamente evitar meios de proliferação do mosquito Aedes Aegypti, mantendo seus quintais limpos, sem acumulo de lixo e entulhos, encaminhado para descarte  adequado, se indispensáveis proteger em local coberto,  mantendo cobertos e vedados todo tipo de deposito de  armazenamento de água para o consumo, realizar a limpeza necessária tais como  capina ou roçada nos terrenos baldios e passeios da via pública de sua responsabilidade.

Lembramos que o Mosquito Aedes se reproduz em qualquer lugar que houver condições favoráveis seja água parada limpa ou suja.

COMBATER A DENGUE É DE RESPONSABILIDADE DE TODOS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário