22 fevereiro 2018

Município de Mamborê Fechou 2017 com superávit de R$ 2,7 mi

Realizada ontem (21) a Audiência Pública dos Poderes Executivo e Legislativo de Mamborê, na Câmara Municipal, referente ao 3º quadrimestre do ano de 2017, incluindo informações de todo o ano. Alguns vereadores estão em Curitiba, participando de curso, e não compareceram na audiência. As informações foram repassadas pela contadora da Prefeitura Municipal, Idimara Schlindvein. 
A previsão orçamentária do Município, para o ano de 2017 era de R$ 43,56 milhões, mas a arrecadação foi acima de R$ 47 mi. As despesas do Poder Executivo e Legislativo foram de R$ 44,4 milhões. Desta forma, levando em conta o valor arrecadado, o Município teve um superávit primário de R$ 2.664.448,04. O repasse à Secretaria de Saúde deve ser de 15% mais 3% da Câmara Municipal, totalizando 18%. No entanto, foi necessário repassar 22,88%, no ano de 2017.

Quanto à Secretaria de Educação, o repasse deve ser de, no mínimo, 25% do orçamento. No ano passado foi repassado 27,85%.

Pessoal

O gasto com o setor Pessoal, do Poder Executivo, ultrapassou o limite de 54%. Já o Poder Legislativo gastou 2,81%, dos 6% disponíveis. 

Números 

Orçamento de 2017: R$ 43.560.000,00

Receita: R$ 47.105.269,26

Despesa do Executivo: R$ 42.913.884,58

Despesa do Legislativo: R$ 1.526.936,64

Despesa total: R$ 44.440.821,22

Superávit primário: R$ 2.664.448,04

Números - Pessoal 

Limite do Executivo: 54%
Percentual em 2017: 54,29%

Limite do Legislativo: 6%
Percentual em 2017: 2,81%

Limite total: 60%
Percentual total em 2017: 57,10% 

Nenhum comentário:

Postar um comentário