11 fevereiro 2018

Após homicídio prefeito cancela o carnaval de Araruna

O prefeito de Araruna, Leandro César de Oliveira (PPS), cancelou a festa de Carnaval no município que teria continuidade neste domingo (11) e segundafeira (12), após a morte de um jovem nessa madrugada, abertura do evento. Rafael José Gonçalves, 24, foi assassinado com vários tiros. 

Após a fatalidade, Oliveira divulgou uma nota oficial, comunicando o cancelamento da festividade. “No momento, nos resta lamentar e desejar condolências à família do jovem Rafael e comunicar oficialmente que os dois dias de evento que seriam realizados neste domingo e segunda-feira, estão cancelados em respeito à família da vítima e para a segurança de todas as demais”, afirmou o gestor na nota. 

O prefeito afirmou que todas as medidas de segurança para realização do evento foram tomadas, como a contratação de seguranças particulares, e ainda o aumento do efetivo policial na cidade, solicitado ao 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Campo Mourão. “Mesmo com todos estes cuidados tomados, o local é aberto, o evento é preparado para as famílias poderem participar de forma ordeira e se divertir em nossa cidade, porém, não há como controlar o acesso das pessoas, pelo fato de ser carnaval e rua. 

Dessa forma, por tudo que aconteceu neste fato e em outros carnavais em anos passados, acredito que o formato deste evento e a sua realização precisam ser revistos, tendo em vista que não é possível garantir a segurança de todos os participantes”, diz outro trecho do comunicado. Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo município. 

O HOMICÍDIO 
De acordo com a Polícia Militar (PM), Rafael José Gonçalves, 24, estava próximo ao palco montado pela prefeitura no centro da cidade, quando um homem se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo contra ele. O jovem foi atingido na cabeça e abdômen. O crime aconteceu por volta das 2 horas. A vítima foi socorrida com vida pela ambulância da prefeitura, mas não resistiu aos ferimentos. Até o momento, o responsável pelo crime não foi localizado pela polícia. 

Nota oficial da prefeitura 
Com profunda tristeza acompanhamos o fato ocorrido durante a primeira noite do carnaval Arafolia de Araruna, onde a vida de um jovem de 24 anos foi tirada durante o evento, chocando a toda a nossa comunidade e região. 

É importante ressaltar que para a realização deste evento, a prefeitura Municipal através do Departamento de Cultura, responsável pela organização, tomou todos os cuidados necessários coma estrutura (Palco, banheiros químicos, sonorizações e atrações) e também com segurança, onde foram contratados segurança e também o comunicado as autoridades de segurança púbica, incluindo solicitação de reforço para o 11º Batalhão de Polícia Militar de Campo Mourão.

Mesmo com todos estes cuidados tomados, o local é aberto, o evento é preparado para as famílias poderem participar de forma ordeira e se divertir em nossa cidade, porém, não há como controlar o acesso das pessoas, pelo fato de ser carnaval e rua. Dessa forma, por tudo que aconteceu neste fato e em outros carnavais em anos passados, acredito que o formato deste evento e a sua realização precisam ser revistos, tendo em vista que não é possível garantir a segurança de todos os participantes. 

Esta é uma decisão que iremos tomar junto com a equipe e comunidade, pois a realização do evento, como citei em várias oportunidades, sempre foi como pensamento de manter nossos jovens aqui na cidade, evitando deslocamento e os riscos nas estradas da região, porém, agora precisamos repensar essa situação. 
No momento, nos resta lamentar e desejar condolências à família do jovem Rafael e comunicar oficialmente que os dois dias de evento que seriam realizados neste domingo e segunda-feira, estão cancelados em respeito à família da vítima e para a segurança de todas as demais. 

Leandro César de Oliveira Prefeito Municipal de Araruna


Tribuna do Interior

Nenhum comentário:

Postar um comentário